Projeto de Lei que implanta coleta seletiva de óleo de cozinha nas creches e escolas de Várzea Grande é lido na Câmara Municipal

  • Inicio
  • Projeto de Lei que implanta coleta seletiva de óleo de cozinha nas creches e escolas de Várzea Grande é lido na Câmara Municipal


Foto: José Wallison/Assessoria


O Projeto de Lei n° 40/2019 que dispõe sobre a implantação de coleta seletiva de óleo de cozinha utilizado nas escolas e creches públicas e privadas de Várzea Grande foi lido na sessão ordinária desta quarta-feira (10.04).  Conforme o autor do projeto, o presidente da Câmara de Vereadores, Fábio José Tardin – Fabinho (DEM), todo o óleo utilizado pela unidade de ensino pode ser fornecido para uma associação, cooperativa ou Organização Não Governamental (ONG) licenciada para tratar do resíduo.

“Me reuni com os idealizadores deste projeto. O meio ambiente não é um entrave ao desenvolvimento, é a garantia de um desenvolvimento sustentável em nosso município. Esta proposta de lei irá colaborar com a preservação da natureza e além disso, irá educar gerações futuras”, destaca Fabinho.

Consta do PL, que a associação, cooperativa ou ONG responsável pela coleta será escolhida a critério da unidade de ensino. Palestras, workshops e premiação aos alunos que mais arrecadam resíduos podem ser feitas pelas as organizações responsáveis pela coleta.

No Projeto ainda é relatado que a instalação de um recipiente próprio com capacidade de mil litros com tampa para receber garrafas fechadas é responsabilidade da associação, cooperativa ou ONG escolhida pela unidade de ensino.

“A escola deverá receber 30% do lucro a cada 100 litros de óleo de cozinha coletada. A unidade escolar estará recebendo dois benefícios: preservar nosso meio ambiente e lucrar financeiramente”, conclui o presidente do Legislativo.

Autor: José Wallison

Assessor de imprensa

Comentários (0)

Vazio...

Deixe um Comentário