wrapper

ver chico curvo 22 04 2018 3

Ascom

Luciana Laura

O Projeto de Lei que o vereador e atual presidente na Câmara Municipal de Várzea Grande, Benedito Francisco Curvo, que apresentou no dia 21 de novembro de 2017, que cria e denomina a CEMEI - Centro Municipal de Educação Infantil (antes chamado de creche) na COHAB Nova Ipê, com o nome da saudosa Sonja Margarida Metello vira realidade. Atendida esta solicitação, esta unidade já se encontra em construção, já sendo aguardado com muito anseio por populares.

Com a conclusão da obra, atenderá a comunidade em especial as crianças, que poderá estar acolhidas e resguardadas, enquanto as mães poderão deixar seu filhos neste ambiente agradável, seguro e confortável para trabalhar. Será um local propício para atender a todos os pequenos alunos da região. E podendo também receber crianças de comunidades adjancentes.

Em sua justificativa Chico Curvo relata que é de suma relevância a importância neste município, a construção  de mais uma CEMEI para atender a comunidade, em especial as crianças deste local e adjacências. Lembrando que o nome que terá na unidade, se trata de uma pessoa que tanto trabalhou em prol às famílias carentes deste município.

O nome de Sonja se faz jus pelos seus serviços prestados as nossas comunidades carentes, nascida em 13 de novembro de 1963, em Nossa Senhora do Livramento, sempre se destacou como uma pessoa determinada, começou a trabalhar bem jovem aos 13 anos, e por final, mais tarde trabalhou até no Rádio Industrial. Mais tarde casou- se tendo 3 filhos, anos mais tarde adotou seu caçula.

"Com uma personalidade forte, passando por diversas dificuldades mais conseguindo vencer cada um delas. Como gostava de trabalhar em prol aos mais carentes dedicou seu tempo aos trabalhos com idosos, quando ainda era "Lar da Dona Bebé", dedicando-se com esmero e muito amor.", relembra Curvo

Foram oito anos de dedicação a essas pessoas que moram nesta casa, sendo um lar par aqueles menos favorecido, ou deixados pela família, por não ter condições de cuidados que este ambiente proporcionava aos idosos, mais há casos que são deixados por não quererem cuidar deste ente querido.

"Há anos que este lar acolhe os anciãos, tornando a vida de cada um mais tranquilo e feliz; o nosso tratamento a eles sempre foi de muito cuidado, amor e dedicação, neste seguimento de amor", destacou.

A Sonja esteve à frente, até o momento com uma equipe nova seguindo a mesma linha sendo doadores desta fraternidade pelo amor ao próximo.

"Sonja conseguiu concluir o curso de jornalismo aos 41 anos de idade, sendo uma mulher dotado de muito conhecimento, sabedoria, vitalidade e ajudando a quem necessitava. Partiu ainda com o vigor de sua juventude no dia 28 de março de 2006, aos 43 anos, deixando uma linda história de mulher forte, e com um coração enorme, onde muitos que a conheceram sente falta desta pessoas que fez muito pela sociedade várzea-grandesse", concluiu Chico Curvo.

banner prefeitura 2018

selo 150

visite site 2